PRIMACLEAN® garante que as características dos produtos a serem aplicados sejam mantidas sem interferência de resíduos de outras pulverizações.

CONTAMINAÇÕES DE CALDA GERAM DANOS ÀS LAVOURAS E DIMINUEM A PRODUTIVIDADE

PREJUÍZOS CAUSADOS POR PULVERIZADORES CONTAMINADOS SÃO MAIS COMUNS DO QUE SE PENSA E AFETAM A LUCRATIVIDADE DO AGRICULTOR POR DIVERSOS FATORES, VISTO QUE:

Atrasam a pulverização devido ao tempo perdido por manutenção durante

o desentupimento

Interferem na sanidade e desenvolvimento da cultura

Interferem na uniformidade da

aplicação e depósito sobre o alvo

Danificam pulverizadores e

diminuem sua vida útil, pois provocam desgastes prematuros de diversos componentes e pontas de pulverização

PRIMACLEAN® É COMPOSTO POR AGENTES SEQUESTRADORES QUE MANTÊM AS MOLÉCULAS EM SUSPENSÃO NA ÁGUA, SURFACTANTES QUE DESINCRUSTAM OS PRODUTOS DAS PAREDES DO TANQUE E AGENTES QUE DEGRADAM OS ATIVOS RESIDUAIS.

Evita entupimento de

bicos e filtros

Ação desengordurante

Garante a longevidade ao equipamento de pulverização

Evita ou diminui a ocorrência de fitotoxidade nas plantas

Remove e neutraliza completamente os resíduos de produtos fitossanitários

Neutraliza ativos químicos residuais de caldas anteriores devido à sua ação sequestradira

Repara inconvenientes causados por interações entre produtos diferentes

Remove resíduos que se depositam no fundo e nas paredes do pulverizador

POR QUE

UTILIZÁ-LO?

Defensivos contribuem com a proteção das lavouras, mantendo-as livres de pragas e evitando prejuízos.

Vestígios de óleos, fungicidas, herbicidas e inseticidas, deixados por uma higienização não específica do tanque de pulverização, podem levar à contaminação da próxima calda a ser preparada, causando prejuízos para as lavouras.

Para evitar que isso aconteça, é essencial que o tanque seja descontaminado antes ou após o término das pulverizações, ou, antes de toda troca de produto ou cultura.

INDICAÇÕES DE USO PARA LIMPEZA E DESCONTAMINAÇÃO DO TANQUE

Este procedimento deve ser realizado após o término das pulverizações diárias ou após mudanças de produto ou culturas.


Passo 1: Coloque os equipamentos de proteção individual (EPI’s).


Passo 2: Coloque água limpa no tanque do pulverizador até a metade de sua capacidade total.


Passo 3: Adicione PRIMACLEAN® e complete o tanque com água até sua capacidade total.


Passo 4: Ligue o agitador e a circulação do tanque por 30 minutos, permitindo que a mistura entre em contato com as partes contaminadas.


Passo 5: Deixe o circuito aberto e ligue as barras de pulverização até escoar todo o volume de água + PRIMACLEAN®, ligando também o registro de descarga. Realizar este procedimento em áreas isoladas, evitando a contaminação da fauna e flora.


Passo 6: Reabasteça o tanque do pulverizador com água limpa e PRIMACLEAN® e repita o processo novamente.


Passo 7: Reabasteça o tanque até a sua capacidade total com água limpa e realize o enxague final. Libere a água pelas barras e pelo registro do fundo do tanque.


Passo 8: Para limpeza de pontas de pulverização e peneiras, retire-as do equipamento, coloque em um recipiente reservado com água + PRIMACLEAN® por 30 minutos.


Passo 9: Limpe as pontas e peneiras e em seguida recoloque-as no pulverizador.


Passo 10: Sempre que identificar alteração na vazão e funcionamento das pontas e componentes, efetue a troca imediata.


Após seguir os passos acima, seu pulverizador estará pronto para ser utilizado novamente. Nunca deixe resto de calda armazenada no tanque.


DOSAGEM


Para limpeza de manutenção leve: utilize 2 L de PRIMACLEAN® para 1000 L de água.
Para limpeza de manutenção pesada: utilize 3 L de PRIMACLEAN® para 1000 L de água.

UTILIZE PRIMACLEAN® NA LIMPEZA DE SEU PULVERIZADOR DURANTE O INTERVALO DE APLICAÇÃO E EVITE PROBLEMAS E PREJUÍZOS DEVIDO À OCORRÊNCIA DE FITOTOXIDEZ NAS PLANTAS POR RESÍDUOS DE PRODUTOS DE CAUDAS ANTERIORES.


NÃO DEIXE QUE SEU PULVERIZADOR SE TORNE O VILÃO! UTILIZE PRIMACLEAN®